Empresa cria gerador de ozônio que purifica água, ar e alimentos

Empresa cria gerador de ozônio que purifica água, ar e alimentos

Empresa cria gerador de ozônio que purifica água, ar e alimentos Purificador é cem vezes mais potente que o cloro.  Aquário de São Paulo é cliente do empresário há 5 anos.

Uma pequena empresa de São Paulo desenvolve um equipamento que elimina odores e purifica a água, o ar e alimentos.  O aparelho é um gerador de ozônio: um purificador cem vezes mais potente que o cloro.

A máquina desenvolvida pelo engenheiro eletrônico Samy Menasce é uma revolução no que diz respeito à limpeza sustentável.  Ela capta o ar do ambiente, e com a quebra de moléculas transforma o oxigênio em ozônio.  O gás tem alto poder germicida e oxidante.

“A nossa matéria-prima é o ar, o nosso resíduo é o oxigênio e o nosso consumo de energia é equivalente a algumas lâmpadas, dessa forma a gente consegue resolver problemas antes quase sem solução”, explica o empresário.

O equipamento foi criado em 2005, com um investimento de R$ 100 mil, na compra de materiais elétricos e contratação de mão de obra.  Na época, a ideia foi bem aceita no mercado, mas o empresário sabia que era preciso aperfeiçoá-la.  Ao longo dos anos, fez testes e criou novos modelos.

O equipamento fabricado parece aquele de 8 anos atrás quando tudo começou, mas só parece.  Na verdade a diferença está na tecnologia.  Hoje, os aparelhos são mais eficazes e têm uma variedade enorme de aplicações.

“No primeiro equipamento, a gente fazia um grama por hora, que é assim que se mede o ozônio.  Hoje, nós fazemos 180 gramas por hora com o equipamento e isso nos permitiu nos aventurar até a tratar água de cidade, como hoje começamos a fazer”, diz.

O ozônio também é usado para a solução de problemas ambientais, como a contaminação de solos, e elimina odores de fertilizantes, além de substituir o cloro na limpeza de piscinas e na esterilização de alimentos.  “O ozônio é 100 vezes mais potente que o cloro e 3,2 mil vezes mais rápido que o cloro, ou seja, além dele ser mais potente, ele age muito mais rapidamente”, ressalta.

No laboratório montado na empresa, os aparelhos são calibrados e testados.  Em um tanque, a ação do gás pode ser vista facilmente.  No teste, um pacote de suco artificial é dissolvido na água, em poucos segundos o ozônio entra em contato com o pó e destrói todos os elementos químicos.  Resultado: a água perde a coloração artificial e fica purificada novamente.

A empresa fabrica, em média, 30 equipamentos por mês e já fez mais de 2,5 mil instalações no Brasil, Peru e Argentina.

O aquário de São Paulo é cliente do empresário há 5 anos.  A água dos animais não tem produtos químicos.  A utilização do ozônio no sistema de filtragem do aquário traz benefícios importantes.  O ozônio mantém a água limpa sem cheiro e esterilizada, eliminando fungos e bactérias que são prejudiciais aos peixes.

O mesmo foi feito no aquário dos tubarões.  “Ele melhora em todos os aspectos, como a gente levantou, tanto visual, quanto clínico, e quanto do funcionamento do sistema biológico do aquário.  O que a gente monta dentro do aquário é como se fosse um microecossistema, o ozônio vem como uma ferramenta para esse microecossistema funcionar bem”, explica Ricardo Cardoso, diretor técnico do aquário.

Os aparelhos ficam na casa de máquinas do aquário.  Para instalar o sistema de filtragem de água, o investimento ultrapassou R$ 100 mil.

“Ganha o público, porque vai conseguir ver aquários com água mais cristalina, com uma proximidade maior dessa vida aquática, ganham os animais que estão em um ambiente mais saudável para o seu crescimento e desenvolvimento, ganham os técnicos, que têm um benefício, uma ferramenta importante para beneficiar no nosso trabalho do dia a dia”, avalia Cardoso.

Agora, o empresário Samy Menasce quer ampliar ainda mais os números, investir nas exportações e mostrar para o mundo os benefícios da utilização do gás ozônio.  Um mercado em plena expansão.  “No mínimo vamos multiplicar por 5 o faturamento, na verdade nós já faturamos em um mês o que nós faturamos o ano passado todo, e as perspectivas são as melhores possíveis, tanto assim que a gente já está construindo uma segunda unidade”, diz.

CONTATOS AQUÁRIO DE SÃO PAULO 
Contato: Diretor Técnico do Aquário Ricardo Cardoso 
Rua Huet Bacelar, 407 – Ipiranga São Paulo/SP- CEP: 04275-000 
Telefone: (11) 2273-5500 Ramal (5) 
www.aquariodesaopaulo.com.br

BRASIL OZÔNIO
Contato: Empresário Samy Menasce 
Avenida Prof.  Lineu Prestes, 2242, Térreo, sala 7 – Butantã.  São Paulo/ SP – CEP: 05508-000 
Telefone: 3039-8316
www.brasilozonio.com.br 

FONTE: www.inovacaonacadeiadevalor.com.br