Palavra cruzada

PALAVRA CRUZADA

Preciso de ajuda!

Tô tentando completar minhas palavras cruzadas, mas esbarrei em uma charada difícil. A pergunta é a seguinte:

“Diante de tantos problemas, o que motiva o brasileiro nos dias atuais?”

São sete espaços vagos e está difícil de adivinhar.

Meu tio, que é bom neste tipo de jogo, certa vez me disse que é bom descobrirmos outras palavras, que aí vai aparecendo outras letras da palavra que estou em dificuldade de descobrir. Vou seguir o conselho dele e ver o que vai dar.

 

Na coluna vertical me aparece a seguinte pergunta:

“Situação do abastecimento de água em Brasília (com 7 letras)”

Vamos lá então. Brasília vem sofrendo com uma crise hídrica que não tem data pra acabar. A região possui dois reservatórios. O de Santa Maria abastece a área nobre da cidade e o de Descoberto abastece 65% dos moradores.

Abastecimento “reduzido” não cabe, pois a palavra possui 8 letras. “Escasso” tem sete. Pode ser.

Mas só as regiões abastecidas pelo reservatório de Descoberto estão sofrendo os efeitos do racionamento. Em um dia da semana o abastecimento para eles é cortado, enquanto que na área dos palácios e do Congresso Nacional o abastecimento é somente reduzido.

Outro detalhe é que a área nobre se gasta mais que o dobro da água consumida pela região mais pobre do Distrito Federal.

Já sei a resposta correta: A palavra é “injusto”.

Beleza! Apareceu um “n” na quinta casa da palavra que eu quero encontrar.

 

Vou seguindo as perguntas das colunas verticais. A próxima questão é:

“Nome da empresa responsável pela tragédia na região de Mariana (4 letras)”

Uai?! Samarco tem 7 letras! Tem alguma coisa errada aí.

Hummm. Deve ser porque quem controla a Samarco é a Vale do Rio Doce. Então ela é a verdadeira responsável pelo acidente. Mas o nome também é muito esticado.

Já sei! É que depois que privatizaram a empresa, resolveram diminuir o nome e cortaram o Rio Doce... “literalmente”.

A resposta é “Vale”.

Agora eu tenho um “e” na segunda casa e um “n” na quinta casa.

 

Vamos pra próxima:

“Após uma espera de 10 anos pra ficar pronta, o que acontecerá com a operação da transposição do Rio São Francisco? (Virgem Maria! 12 letras!).”

Além da morosidade de todo o processo, o governo do PT conseguiu triplicar o valor da obra. A ideia inicial era que a água jorrasse em regiões mais secas do Nordeste, mas acabou que o dinheiro saiu jorrando também.

Como nada é tão ruim que não pode ser piorado, vem o Governo Temer acenar com proposta de parceria público-privada.

Administrar depois de pronto é muito bom. Aí é feita a licitação e quem ganha ainda vai pedir empréstimo junto ao BNDES.

A sigla está corretíssima (PPP). Mas o significado é que está errado (Parceria Puta que Pariu).

Resposta correta: “Privatização”.

Letra “o” na quarta casa.

Já estou vendo uma luz para o nosso enigma: _e_on__

 

Mais uma...

“Qual a data prevista para a revitalização total da Baía de Guanabara?” (13 letras).

 

Já são 23 anos de batalha. Entra governo e sai governo, mas a Baía de Guanabara continua a mesma: Bela e banguela, como disse Caetano Veloso em uma de suas músicas.

Houve uma esperança que com a realização de provas náuticas nas Olimpíadas de 2016 o panorama fosse outro, mas vimos gastos enormes e falta de solução para o problema.

Resposta: “dia de são nunca”.

Agora apareceu um “d” na primeira casa.

 

Está quase...

“Qual é o pior tipo de esgoto para tratamento?” (10 letras).

Essa é fácil. O esgoto doméstico é basicamente composto de água, dejetos humanos e material orgânico. Não sabemos o que esperar do esgoto industrial, que deveria ser tratado previamente, antes de ser jogado na rede sanitária.

Resposta: Esgoto “Industrial”.

Achei mais um “d”. Agora temos: de_ond_.

 

A próxima...

“O que falta para o brasileiro perceber que o cuidado com o meio ambiente é a garantia de manter a existência de nossa espécie no futuro?” (8 letras).

Podem nos privar de várias coisas, mas não nos cerceiem do conhecimento. A pessoa que joga uma latinha de cerveja pela janela do carro não tem ideia do que está fazendo. Muito menos o cidadão que toma um banho e se esquece da vida, gastando uma eternidade de tempo debaixo do chuveiro. O que dizer então do empresário que quer lavar o seu minério de ferro e que acaba com a água que daria para abastecer uma cidade?

Falta o básico pra população. Está todo mundo carente de “educação” na área ambiental.

Opa! Achei o “u” na terceira casa: deuond_.

 

Só falta uma letra e ainda não descobri a palavra secreta:

“Diante de tantos problemas, o que motiva o brasileiro nos dias atuais?”

O sistema se encarrega de alienar a população lhe ofertando pão e circo em troca do conhecimento que todos precisam ter.

De que adianta se preocupar com a escassez da água? Com o crime ambiental? Com a sede do nordestino? Com a despoluição dos rios e dos mares?

 

O brasileiro, hoje em dia, só tem tempo de “ralar” no meio de semana e curtir um som bacana no seu momento de descanso. Nada de conversa sobre política, cidadania e coisas do gênero.

Depois de uma semana inteira de trabalho árduo, o cidadão só pensa em relaxar, tomar a sua cerveja e curtir a música do momento (que é ouvida em qualquer lugar que estivermos presentes):

 

Deu onda!

 

Leia também: